Alessandro Penezzi – Violonista Brasileiro

Natural de Piracicaba (SP), Alessandro Penezzi iniciou seus estudos de violão aos 7 anos. Compositor e arranjador, toca também o violão de 7 cordas, violão tenor, cavaquinho, bandolim e flauta.

Formou-se em violão erudito em 1997, pela Escola de Música de Piracicaba, sob a orientação do Maestro Ernst Mahle e do Prof. Sérgio Belluco, que também lhe mostrou o universo do Choro.

Bacharelou-se em Música Popular pela Unicamp em 2005.            .

Integrou importantes grupos instrumentais brasileiros como: Regional do flautista Carlos Poyares; Trio Quintessência; Grupo Choro Rasgado; Projeto Violões do Brasil; Duo com Maestro Laércio de Freitas; Trio com Yamandú Costa, Rogério Caetano; Trio com Sizão Machado e Alex Buck; Duo com Alexandre Ribeiro;

Alessandro é considerado tanto pela crítica como pelos músicos como um dos violonistas mais impressionantes da atualidade seja por sua técnica apurada, virtuosismo ou composições, que já foram gravadas por artistas como Yamandú Costa (Dayanna), Beth Carvalho (Acabou a Brincadeira)  e Danilo Brito (Abraçando).

Em 2011, abriu o show da lenda viva do Jazz – Wayne Shorter, na 30a edição do Spokje Jazz Festival, na Macedônia.

A cada novo álbum lançado trazendo vários elogios da crítica especializada, Alessandro vem consolidando uma carreira de criatividade, maturidade e trabalho. Isso é notado pelas várias indicações a Prêmios, Gravações, Programas de TV e Rádio, Concertos, Workshops, Oficinas e Júri  em Festivais e Feiras no Brasil e no exterior.

OFICINAS E WORKSHOPS

2011- Fortaleza e Jericoacoara (CE) – Oficina de Violão (Festival Choro Jazz)

2011- São João da Boa Vista (SP) – Oficina de Choro (Semana Assad)

2010 – San Francisco, USA. Oficina de Choro (Califórnia Brazil Camp)

2010 – Uberlândia (MG). (Masterclass de violão na Universidade Federal de Uberlândia)

2010 – Ubatuba (SP). Oficina de Choro (Ubatuba/California Brazil Camp)

2009 – Jericoacoara (CE). Oficina de Violão (Festival Choro Jazz Jericoacoara)

2009 – Brasília (DF). Workshop e Concerto (Projeto Violão Brasileiro, hoje)

2009- Itajaí (SC). Oficina de Violão Popular (II Seminário de Violão de Itajaí)

2009 – Ourinhos (SP). Oficina de Violão Popular. (Festival de Música de Ourinhos)

2009 – Curitiba (PA). Oficina de Violão Popular (XXVII Oficina de Música de Curitiba)

2008 – Pouso Alegre (MG). Workshop e Concerto (Semana do Violão em Pouso Alegre)

2008 – Itajaí (SC). Oficina de Choro (Festival de Música de Itajaí)

2008 – Ourinhos (SP). Oficina de Violão Popular. (Festival de Música de Ourinhos)

2008 – Osasco (SP). Workshop e Show (Conservatório Villa-Lobos FITO)

2007 – Campinas (SP). Oficina de Violão (EM&T Campinas)

2007 – São Carlos (SP). Workshop: Violão, técnicas e possibilidades.

2007 – Tatuí (SP). Oficina de Choro. (VIII Brasil Instrumental de Tatuí)

2005 – Campinas (SP). Workshop e Concerto.

2004 – Batatais (SP). Workshop e Concerto

PRÊMIOS, INDICAÇÕES E JÚRIS

2011 – Lançamento do violão com assinatura de Alessandro Penezzi, pela Eagle

2009 – Prêmio de Música Brasileira, indicação do CD  Sentindo (2008),  categoria Melhor Solista.

2008 –  Programa Mosaicos – Especial sobre Raphael Rabello

2007 – Juri e Concerto – Concurso Internacional Guitarra Jazz Oscar Aleman (Resistencia, Argentina)

2007 – Projeto Rumos Itaú Cultural – DVD e CD

2007 – Prêmio Tim da Música Brasileira, indicação do CD Alessandro Penezzi, 2006.

2006 – Prêmio Tim de Música Brasileira – indicação do CD Bába de Calango (2006), grupo Choro Rasgado

2006 –  Prêmio Shell de Teatro, indicação pela trilha musical da peça Gota d´Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes –  Grupo Breviário.

2006 – V Prêmio Nabor Pires de Camargo, II lugar.

2005 – Projeto Violões do Brasil – DVD, CD e Livro, panorama brasileiro do violão

2004 – VII Prêmio Visa MPB Instrumental, semifinalista como solista.

2001 – IV Prêmio Visa MPB Instrumental, semifinalista com o Trio Quintessência.